segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Pokemon Go Lança seu primeiro evento


Pokemon Go se prepara para lançar seu primeiro evento ainda essa semana. Para quem está torcendo por alguma novidade divertida para suas caminhadas no game. A Niantic revelou nesta segunda-feira (24) que Pokémon Go contará com um evento temático de Halloween. De 26 de outubro a 1º de novembro, neste evento a frequência de criaturas do tipo Fantasma, como Gastly, Haunter e Gengar e também de Drowzee, Hypno e por incrível que pareça mais Zubats e Golbats. Além de uma maior quantidade recompensas sob forma de doces, haverá também motivos para colocar um pokémon como companheiro. Além de quatro vezes o número de recompensas, apanhar pokémon valerá seis doces enquanto uma transferência valerá dois.

Veja o vídeo do anuncio:



O evento é também uma oportunidade para muitos jogadores completarem a sua Pokédex, uma vez que neste período terão mais hipóteses de apanhar dos pokemons scitados acima.


quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Pokémon GO no Brasil: Veja a lista dos celulares que rodam o jogo


Pokémon Go acaba de Chegar no Brasil porém não são toos os celulares que podem rodar o jogo. De acordo com o site da Niantic (a desenvolvedora do jogo), tanto entre os iPhones quanto entre os Androids, ainda há alguns requisitos de hardware que seu dispositivo precisa atender. Abaixo, traduzimos a lista disponível no site da empresa.

Sistema Operacional:

Android
Android 4.4 até 6.0.1 (o Android N só será suportado após o lançamento da versão oficial)
Resolução preferível: pelo menos HD (720x1280, não otimizado para tablets)
Boa conexão com a internet (Wi-Fi, 4G ou 3G)
GPS e serviços de localização

iOS
iPhone 5 e posteriores
iOS 8 e versões posteriores
Boa conexão com a internet (Wi-Fi, 4G ou 3G)
GPS e serviços de localização

A empresa ainda informa que iPhones que tenham passado pelo processo de "jailbreak" (para poder instalar aplicativos de fora da App Store e mudar as configurações padrões do aparelho) não serão suportados.

Tablets

Conforme a empresa menciona na seção sobre dispositivos Android, o Pokémon Go não está ainda otimizado para tablets. A princípio, qualquer dispositivo com resolução HD, GPS e serviços de localização deve ser capaz de rodar o jogo. No entanto, será necessário testar.

RAM

Embora a Niantic não informe uma quantidade mínima de RAM necessária para fazer o jogo funcionar, experiências de usuários apontam que o jogo roda tranquilamente em dispositivos que tenham 2GB de RAM ou mais.

Isso não significa, no entanto, que aparelhos com menos que isso não serão capazes de rodar o jogo. É possível que o jogo funcione, mas com problemas de performance ou com eventuais travamentos. Na dúvida, tente instalar o jogo, fechar todos os aplicativos e testá-lo.

Cuidados

Quando Pokémon Go foi lançado no exterior, era possível baixar o arquivo APK do jogo em dispositivos Android para fazê-lo funcionar (ainda que com problemas) aqui. Para isso, porém, era necessário mudar as configurações do aparelho para que ele permitisse a instalação de aplicativos de fora da Play Store.

Isso, por sua vez, deixava o dispositivo mais vulnerável a vírus e malwares. E, de fato, muitos programadores mal-intencionados disfarçaram seus arquvos nocivos de instaladores de Pokémon Go para infectar o máximo possível de dispositivos móveis.

É bastante provável, portanto, que o lançamento do aplicativo no Brasil faça com que surjam clones maliciosos do jogo, ou ainda aplicativos que prometam fazer o jogo rodar em smartphones que não satisfazem os requisitos mínimos. Na hora de tentar essas soluções, é importante tomar muito cuidado, ter um aplicativo de proteção instalado e desconfiar bastante de qualquer atitude suspeita dos aplicativos.

Aparelhos populares que devem rodar o jogo sem problemas:

OBS: essa lista não pretende abarcar todos os smartphones disponíveis no mercado. Caso o seu dispositivo não esteja nela, isso não significa que ele não será compatível com o jogo. Na dúvida, sempre vale a pena baixar e testar.

iPhones

iPhone 5, iPhone 5c, iPhone 5s, iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone 6s, iPhone 6s Plus.

Samsung

Galaxy S4 em diante, Galaxy Note 3 em diante, Galaxy J5 e J7, Galaxy A5 em diante. O Galaxy J3 e o A3 ainda devem ser capazes de rodar o jogo também, mas com alguns problemas.

Motorola

Moto G 3ª geração e posteriores, Moto Maxx e posteriores, Moto X 2014, Moto X Play, Moto X Style, Moto X Force. As segundas gerações do Moto G e do Moto E também devem funcionar com o jogo, mas com alguns problemas.

LG

LG G2 e posteriores, LG G Flex 2, LG Nexus 5. O G4 Stylus, o K10 e o K8 devem ser capazes de rodar o jogo também, com alguns problemas.

Sony

Xperia Z1 e posteriores, Xperia X e XA, Xperia M4 Aqua, Xperia M5, Xperia C5 Ultra. O Xperia T3 ainda deve ser capaz de fazer o jogo funcionar, mas com problemas.

Asus

Lembrando que o suporte a processadores Intel ainda é recente, devem funcionar com o jogo os dispositivos Zenfone 5, Zenfone 6, Zenfone 2, Zenfone Go, Zenfone Laser, Zenfone Selfie.

Lenovo

Lenovo Vibe K5, Lenovo Vibe A7010. O Vibe C2 tem apenas 1GB de RAM, então talvez rode o jogo, mas com problemas.

Chegou !!! Pokémon Go finalmente é lançado no Brasil


Após a novela que ser tornou o lançamento de Pokémon Go no Brasil, finalmente o game de realidade aumentada aterriza no país. "Pokémon Go" já pode ser baixado nas lojas brasileiras de aplicativo da Apple e do Google. O game começou a funcionar no Brasil nesta quarta-feira (03/08) três dias após a data prevista anteriormente.Em um primeiro momento, o jogo ficou disponível apenas em versões para quem tem contas na App Store dos EUA.

No Facebook a conta oficial de Pokémon Go publicou um comunicado sobre o lançamento. "Estamos animados em oficialmente colocar 'Pokémon Go' nas mãos dos fãs da América Latina, visitantes e atletas olímpicos no Rio", disse a equipe do game. "Estamos trabalhando por muitas horas para corrigir bugs e anunciar novidades no futuro. Porém, o que vem por aí é o lançamento de 'Pokémon Go' em mais países por todo o mundo", acrescentou.

Ontem, a Niantic já havia publicado em seu perfil oficial no Twitter que estava "trabalhando duro" para o lançamento do game no Brasil.

Agora amigos é baixar o jogo e começar a jogar. Comentem sobre oque acharam do jogo logo abaixo desta postagem para que possamos compartilhar nossas impressões.

TEMOS QUE PEGAR!!!

sábado, 30 de julho de 2016

E ai Niantic? Pokémon Go chega ou não chega ao Brasil?


A popularidade de Pokemon Go é indiscutível, você goste ou não este é um dos assuntos mais comentados no mundo atualmente, o game vem causando uma ansiedade monstruosa nos países onde ainda não foi lançado. A princípio é algo que trás mais atenção pra o jogo mas a demora em liberar o acesso a outros países a meu ver pode se tornar um tiro no pé. Enquanto nos brasileiros aguardamos desesperadamente o lançamento que segundo o site MMO Server Status será dia 31/07, ou seja, amanhã sem ter certeza de isso realmente acontecerá, em outros países jogadores chegam longe no game e inclusive um já 'zerou' o mesmo nos estados unidos conforme informamos em postagem anterior. O que pode nós acalmar e que se pararmos para pensar o jogo ainda está no início e com toda certeza ainda terá muito a oferecer, novos modos de jogabilidade, batalha entre os jogadores e quem sabe até um ranking mundial.

A contagem regressiva começou. E ai Niantic Pokémon Go chega ou não chega ao Brasil amanhã? Vamos torcer!

Jovem de 28 anos é o primeiro a ‘zerar’ o Pokémon Go

Fonte imagem: Windows Central

Enquanto nós brasileiros contamos as horas para que Pokémon Go chegue aqui já existe quem completou o jogo, pelo ao menos a primeira etapa se levarmos em conta que o jogo ainda tende a evoluir e apresentar novos recursos como a tão esperada batalha entre pokémons. Dezessete dias após ter sido lançado (nos Estados Unidos), uma pessoa já conseguiu completá-lo. Para ele, pelo menos, o desafio do Pokémon Go morreu.

"Oito horas em dias de semana — mais de 10 nos fins de semana —, 12 quilômetros por dia, algumas centenas de dólares, caminhadas em linha reta e incontáveis voltas pela cidade dentro de um Uber. É o que fez Nick Johnson (EUA, 28 anos) para se tornar a primeira e única pessoa (pelo que se sabe) a completar a avassaladora diversão do momento, o Pokémon Go. Sim, o jogo de realidade aumentada que crianças, adolescentes e adultos dedicam todo o tempo permitido pelos pais, trabalho e cônjuges já tem solução. Nick é um nova-iorquino residente no Brooklyn que levou apenas 17 dias para desvendar os mistérios do Pokémon Go. O resultado? Um total de 142 pokémons capturados em sua pokedex (depósito de pokémons), exatamente todos os monstrinhos que estão atualmente disponíveis nos EUA.

Só falta um pequeno detalhe. Os pokémons Mr. Mime, Kangaskhan e Farfetch'd estão disponíveis somente na Europa, e Nick Johnson, por enquanto, não cruzou o oceano para capturá-los, embora já esteja buscando patrocinadores para realizar o percurso necessário e completar sua coleção.

O último pokémon que Nick caçou foi Omastar. Poderia ter terminado o jogo dois dias antes, quando o encontrou vagando em torno de seu bairro, mas, naquele momento, o celular parou de funcionar (já sabemos, a bendita bateria), prolongando a agonia por 48 horas. No entanto, foi o penúltimo capturado, Porygon, o que mais resistiu. Teve que sair do Brooklyn e fazer uma viagem a Nova Jersey (110 km). “Outro jogador me disse que eu poderia encontrá-lo lá, por isso peguei um Uber e pedi que circulasse pela cidade até que o encontrássemos”, afirma em uma entrevista ao site Business Insider.

Após esse feito, que o fez perder 4,5 kg e muitas horas de sono, Nick se tornou professor de pokémon. Agora, quer compartilhar com o resto do mundo o que aprendeu com suas longas horas de caça com o celular. Garante que a primeira coisa a fazer é comprar um par de tênis confortáveis para caminhar.

“Outro jogador me disse que eu poderia encontrar o último pokémon em Nova Jersey, por isso peguei um Uber e pedi que circulasse pela cidade até que o encontrássemos.”

Também recomenda avançar em linha reta. Dessa forma, o sistema calcula melhor a distância percorrida: ao mover-se em círculos, o terminal não é capaz de medir o quão longe o usuário se deslocou (embora ele tenha usado esse sistema, excepcionalmente, para caçar o escorregadio Porygon). Mas, acima de tudo, é essencial interagir com outros jogadores. “É um jogo muito social. Se você não sabe onde encontrar um Pokémon muito específico, outros jogadores ficarão felizes em ajudar”, diz Nick.

Embora a primeira coisa que alguém poderia pensar ao ouvir a proeza deste homem é que ele não faz nada além de jogar Pokémon Go, a verdade é que tem um trabalho do qual sai 18h30 todos os dias e uma namorada com a qual passa grande parte de seu tempo livre. Pelo menos era assim até o jogo aparecer em suas vidas.

Nick afirma que agora é sua namorada quem está viciada no Pokémon Go e, quando recuperar o sono perdido, promete ajudá-la a caçar todos os pokémons necessários para completar o jogo."

Fonte: El País

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Pokemon Go Mais Perto do Nunca, "Em Breve!", Assim Aparece Nos Servidores de Brasil e Chile


O site MMO Server Status que vem monitorando a situação dos servidores do game atualizou o status dos mesmos e para confirmar a noticia na postagem anterior parece mesmo que Pokemon Go vai aterrizar no Brasil no próximo domingo dia 31/07. O servidor do Brasil aparece com o status "Soon!" ou "Em Breve!", o mesmo acontece com o servidor do Chile. Agora é aguardar mais um pouco e ficar atento à Play Store para saber quando será liberado o download do game. O Pokegobrazil ficará atento às novidades e assim que possível informaremos mais sobre o assunto.


"Pokémon GO é um jogo eletrônico free-to-play de realidade aumentada voltado para smartphones. Foi desenvolvido por uma colaboração entre a Niantic, Inc., a Nintendo e a The Pokémon Company para as plataformas iOS e Android. O jogo foi lançado em julho de 2016 em alguns países do mundo. Fazendo uso do GPS e câmera de dispositivos compatíveis, o jogo permite aos jogadores capturar, batalhar, e treinar criaturas virtuais, chamadas Pokémon, que aparecem nas telas de dispositivos como se fossem no mundo real. Um dispositivo opcional vestível, o Pokémon Go Plus, está previsto para lançamento futuro e irá alertar os usuários quando Pokémon estiverem nas proximidades."

O conceito para o jogo foi concebido em 2014 por Satoru Iwata da Nintendo e Tsunekazu Ishihara da The Pokémon Company como uma April Fools' Day colaboração com Google, chamado de Pokémon Challenge. Ishihara tinha sido um desenvolvedor fã do jogo de realidade aumentada anterior de Niantic, o Ingress, e viu o conceito do jogo como um jogo perfeito para série Pokémon. Niantic usou dados de ingresso para preencher os locais para PokéStops e ginásios dentro no Pokémon Go. Em 10 de dezembro de 2015, Ishihara dedicou seu discurso de anúncio do jogo a Iwata, que tinha morrido dois meses antes. A trilha sonora do jogo foi escrita pelo compositor de longa data da série Pokémon, Junichi Masuda, que também contribuiu com algum design do jogo. Entre os designers visuais está Dennis Hwang, que já havia trabalhado no Google, e quem criou o logotipo do Gmail. Em 4 de março de 2016, começou a fase de testes de Pokémon GO no Japão, e em 7 de abril do mesmo ano começaram os testes na Nova Zelândia e Austrália. Mais tarde, em 16 de maio, a Niantic anunciou em seu blog que o jogo entraria em fase de testes também nos Estados Unidos.O teste chegou ao fim em 30 de junho. Em 24 de julho, John Hanke revelou as aparências dos três líderes da equipe na Comic-Con 2016: Candela (Time Valor), Blanche (Time Místico), e Spark (Time Instinto). Hanke comentou que aproximadamente 10% das ideias para o jogo foram implementadas. Atualizações futuras, incluindo novos Pokémons e trocas entre os jogadores,bem como a implementação de Pokémon Centers em PokéStops, correções na função de busca de Pokémons nos arredores e treinamento mais fácil foram também confirmados. Ele também afirmou que Niantic será a responsável pelo suporte do jogo nos próximos anos.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Pokemon Go Será Lançado no Brasil dia 31 de Julho [ Atualizado ]


O site MMO Server Status quem tem sido utilizado para mostrar a quanto tempo os servidores estão offline apresentou a seguinte notícia  na integra : 

"25 July: A reliable source has given us the suspected release date for Brazil, Chile or Argentina: Sunday 31st of July! We'll update here as we get more details."

Tradução: "25 de julho: Uma fonte confiável nos deu a provável data de lançamento  para o Brasil, Chile ou Argentina: domingo 31 de julho! Nós vamos atualizar aqui quando tivermos mais detalhes."

Há alguns dias, o MMO Server Status, que monitora a atividade dos servidores também de outros games, verificou que os servidores brasileiros já foram testados e estão em stand by, assim como os chilenos e os argentinos. Na noite do teste, o jogo chegou a funcionar no Brasil por algumas horas.
Nesta segunda-feira Pokémon GO ampliou mais seus territórios e chegou oficialmente a Hong Kong e à França. Mais informações devem sair em breve.
Não há outra solução se não aguardar.
Saiba um poco mais sobre Pokémon Go:



Pokémon GO (ou Pokémon Go) é um jogo eletrônico free-to-play de realidade aumentada voltado para smartphones. Foi desenvolvido por uma colaboração entre a Niantic, Inc., a Nintendo e a The Pokémon Company para as plataformas iOS e Android. O jogo foi lançado em julho de 2016 em alguns países do mundo. Até 22 de julho, o jogo foi baixado por mais de 40 milhões de pessoas em todo o mundo. Fazendo uso do GPS e câmera de dispositivos compatíveis, o jogo permite aos jogadores capturar, batalhar, e treinar criaturas virtuais, chamadas Pokémons, que aparecem nas telas de dispositivos como se fossem no mundo real. Um dispositivo opcional vestível, o Pokémon Go Plus, está previsto para lançamento futuro e irá alertar os usuários quando Pokémons estiverem nas proximidades.
Pokémon Go foi lançado com críticas mistas. Revisores elogiaram a experiência geral do jogo e o incentivo para a aventura no mundo real, embora salientando questões técnicas que eram aparentes no lançamento. O jogo tornou-se rapidamente um dos aplicativos mais usados em smartphones, superando o recorde anterior, realizado pelo Candy Crush Saga nos Estados Unidos, e teve um impacto extremamente positivo sobre o valor das ações da Nintendo. O jogo foi creditado com a popularização de realidade aumentada, e foi elogiado por alguns profissionais médicos por potencialmente melhorar a saúde mental e física dos jogadores, mas também atraiu alguma controvérsia devido a relatos de causar acidentes e por causar perturbação da ordem pública em alguns locais.